Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

Apresento-vos a irmã da "melhor amiga"

(Este post é da inteira responsabilidade da minha irmã)

 

Olá a todos,

Sou a irmã da rapariga que continua em busca de uma melhor amiga, tenho 5 anos a menos que ela, tenho uma filha a menos que ela (ela só tem uma filha) e não sou casada.

Eu não sou uma opção para melhor amiga dela, isso é certo, somos demasiado diferentes, com diferentes perspectivas sobre muitos assuntos.

Bem e o que é que eu venho aqui fazer?!

Óptima pergunta, à qual ainda não sei bem a resposta… Resumindo, eu sou muito crítica em relação aos post’s da minha irmã, ao que ela responde que ás vezes não é fácil e que eu havia de experimentar, então foi isso… aqui estou eu a fazer um teste, vamos ver até quando dura.

Bem é tudo por agora, até à próxima…

children-1545118.jpg

(foto retirada de um banco de imagens)

 

Só a mim #1

Eu adoro ler as peripécias/aventuras dos outros, pelo que me lembrei de contar as minhas, pois embora não sejam nada de especial, pode ser que arranquem um sorriso a alguém.

A primeira envolve a minha pessoa, a minha irmã e um dos cãezinhos dos meus pais. Este cãozinho deve pesar +/- uns 60 quilos, coisa pouca portanto.

Um belo dia, eu lembrei-me de o ir passear, mais a minha irmã, preparamos tudo e lá fomos nós. Íamos nós pela estrada fora, onde quem ia no comando era ele (também não havia outra hipótese, ele é o mais pesado) com a minha irmã a agarrar a trela e eu ao lado. A dada altura ele vê outro cão, só me lembro da minha irmã falar (mas nem sei o que ela disse), e ele arranca disparado em direção ao alvo, como a minha irmã se recusou a largar a trela, pois nunca mais o conseguiamos apanhar, tocam em mim e caímos as duas no meio do chão, mas nada fez parar o cãozinho, ele continuava a correr em direção ao alvo, levando as duas arrastadas pela estrada.

Quando ele finalmente parou, a minha preocupação era única e exclusivamente se tinha estragado o casaco, pois enquanto estava a ser arrastada já o estava imaginar todo esfarrapado. Levantei-me para conferir os estragos, que por incrível que pareça foram nulos e já agora para ninguém ver as nossas figuras tristes, que por sorte nessa altura ninguém passou.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D