Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

"Alguém tem que martelar", já dizia o carpinteiro da Rua Sésamo

Hoje em dia estamos formatados para que toda a gente tenha formação superior e quem não tem é como se fosse menos que outros.

Não concordo, assim como não podemos todos gostar do amarelo, não podemos todos ter formação superior, se não depois quem vai executar as funções mais simples, com tanta ou mais importância que as outras?! Pois não sei…

Essa formatação começa logo desde pequeninos, onde os pais idealizam/sonham com um futuro brilhante para os filhos, quem os pode condenar por isso?! Ninguém.

Depois vem a pressão da sociedade, com perguntas como o que nadas a estudar?! Qual é o curso que queres tirar?! Queres ir estudar para onde?!

Juntamos a isto, os nossos sonhos e ambições, que dão um tempero especial... Ou mesmo o facto de não querermos ficar atrás dos outros… E nunca pensamos bem no que queremos ser, apenas que queremos ter um curso superior.

Isto tudo é muito lindo mas acho que muita gente se esquece que não podemos ser todos doutores e engenheiros, pois nem todos temos as mesmas capacidades e não é por não sermos que somos mais ou menos dignos. Também há pessoas que simplesmente não tem essa ambição e qual é o mal disso?!

(Claro que este post não é generalizado para todas as pessoas)

4 comentários

  • Essa velha máxima, está super actual :-)
    Estou a ver que já fizeste muita coisa ao longo da vida...
    O ser humano consegue apreender o que quiser se tiver vontade para isso...
    Acredito que te sintas frustrada, pois o mercado de trabalho é ingrato, mas não podes desanimar...
  • Imagem de perfil

    #HOTDEVIL 13.08.2016

    Thanks !
    Sim, trabalhei em diversas áreas e lembro-me que sempre que ia para um emprego achava que ia falhar, que jamais conseguiria ser lojista, fazer o fecho de caixa, decorar as centenas de códigos de todos os artigos, da mesma forma quando fui para empregada de mesa só achava que ia deixar cair a bandeja com os copos todos. Não aconteceu. E ao final de sete anos em part-time até me dava ao luxo de brincar com os restantes e fazermos concursos de inclinação de bandejas com os copos lá em cima. Nunca parti um único utensilio de louça o que é um feito. Sempre servi em restaurantes de muita afluência e tinhas de ter uma capacidade ao stress incalculável. Nunca conseguir saber como a possuía mas tinha-a e gostava (até da parte da limpeza)... Quando fui para uma empresa de Recursos Humanos só pensava como eu iria decorar o valor por hora de mais de 25 empresas e diferentes profissões e percentagem de horas extras para fazer o recibo de pagamento no final e como iria decorar aquilo tudo. Sei lá, em três meses estava decorado ! Só para te dar um exemplo de como um ser humano pode duvidar de si, eu fiz um curso de Contabilidade e Recursos Humanos há uns tempos atrás embora já tivesse trabalho na área (tudo tinha mudado)e achei tudo tão difícil e as minhas colegas tão avançadíssimas e umas crânios que perguntei a formadora se uma série de notas abaixo do valor 10 dar-me-iam expulsão do curso pois acreditava não ser capaz de progredir mais. Ela olhou-me e disse que não mas fez aquela cara de " mais uma para me fazer perder o tempo "... Veio o primeiro exame e tirei um 17 e ela literalmente atirou-me com o exame para cima da mesa (creio que achou que tinha gozado com a cara dela, sei lá) e disse " então, a menina que iria tirar negativas sempre? "... Tive cinco exames dificílimos de 4 horas cada onde tínhamos de saber tudo acerca da Segurança Social e fazer recibos manualmente e apresentar os rascunhos já com os duodécimos e tudo. Oscilei sempre entre o 19 e o 18, o que foi uma total surpresa para mim. Eu já havia trabalhado naquela area como Consultora SAP em FI e numa empresa de Recursos Humanos mas fazer tudo MANUALMENTE, nunca, nem pensar... Duvidei sempre de mim. Em tudo. De igual forma tirei sempre 16 a Alemão quando sempre achei que nem um Olá conseguiria dizer naquela língua. Creio que - por vezes - o ser humano é preguiçoso e não arrisca. Eu arrisquei e sempre consegui apreender os ensinamentos , mas agora parecem mesmo não valer de NADA nem para seres empregada de limpeza
  • Isso de achar que vamos falhar é um medo natural e transversal a muitas pessoas... Faz parte de sermos humanos....
    A prática tudo traz e por isso é que te safavas tão bem :-)
    Ás vezes temos capacidades que desconhecemos....
    Mais uma vez tiveste receio porque és humana, mas superas-te bem os teus medos....
    No curso também te subestimas-te, devias apreender a não o fazer... Pelos vistos tens sido sempre assim...
    És boa aluna e parece gostar da área, devias apostar nela...
    O ser humano é preguiçoso e não arrisca, às vezes nem é por mal, é mesmo por receio...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D