Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

"Alguém tem que martelar", já dizia o carpinteiro da Rua Sésamo

Hoje em dia estamos formatados para que toda a gente tenha formação superior e quem não tem é como se fosse menos que outros.

Não concordo, assim como não podemos todos gostar do amarelo, não podemos todos ter formação superior, se não depois quem vai executar as funções mais simples, com tanta ou mais importância que as outras?! Pois não sei…

Essa formatação começa logo desde pequeninos, onde os pais idealizam/sonham com um futuro brilhante para os filhos, quem os pode condenar por isso?! Ninguém.

Depois vem a pressão da sociedade, com perguntas como o que nadas a estudar?! Qual é o curso que queres tirar?! Queres ir estudar para onde?!

Juntamos a isto, os nossos sonhos e ambições, que dão um tempero especial... Ou mesmo o facto de não querermos ficar atrás dos outros… E nunca pensamos bem no que queremos ser, apenas que queremos ter um curso superior.

Isto tudo é muito lindo mas acho que muita gente se esquece que não podemos ser todos doutores e engenheiros, pois nem todos temos as mesmas capacidades e não é por não sermos que somos mais ou menos dignos. Também há pessoas que simplesmente não tem essa ambição e qual é o mal disso?!

(Claro que este post não é generalizado para todas as pessoas)

4 comentários

  • Sim sim, tens razão... Cada vez mais vejo a valorização dos cursos profissionais no mercado de trabalho... Mas o que eu queria dizer era que por exemplo se eu chegasse ao pé dos meus pais a dizer que queria ir tirar um curso profissional de hotelaria em vez de ir para o ensino superior, eles diziam logo que não e davam mil e um argumentos.
    Posso até dizer que profissões como calceteiro, sapateiro, etc. começam a ter uma valorização muito grande... E aí eu não percebo que queremos ser todos doutores e engenheiros e não escolhemos estas profissões...
    Quem os tem também valoriza o curso, depende das pessoas...
  • Imagem de perfil

    mami 04.08.2016

    compreendo. acho que o assunto não é novidade. são as pessoas mais velhas que mais valorizam os cursos superiores muito fruto de portugal ser um pais pobre e o "ser doutor" era para poucos. creio que é uma necessidade de afirmação, uma conquista, uma evolução.
    mas também cada vez menos um cursos superior, seja ele qual for é formação para a vida. hoje em dia podemos tirar um curso profissional, trabalhar e ganhar experiência e se nos apetecer a seguir fazer ou não formação superior. é tudo mais flexível.
    uma questão de adaptação aos novos tempos, mas toda a mudança exige em si...tempo ;)
  • As pessoas são assim de acordo com a vivências que tiveram...
    Hoje em dia está-se sempre a falar em formação contínua e que temos que nos actualizar constantemente...
    Novos tempos, novas realidades :-)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D