Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

Carros modernos, não são só vantagens…

Isto de ter carros modernos é muito giro, pois vêm carregados de inovações que nos facilitam a vida. Desde ligar as luzes automaticamente, não precisarmos de chave para colocar o carro a trabalhar, etc. etc.

Quando troquei de carro, troquei contrariada, pois adorava de paixão o meu carro antigo, mas ele tinha um problema que era falta de espaço. As coisas funcionaram até a minha filha nascer, depois ou a levava a ela, ou levava o “chassi” do carrinho.

Lá me mentalizei que tinha que trocar de carro e compramos um carro que veio com aquelas modernices todas e mais algumas e aí começaram as aventuras, sempre que pego noutro carro. Desde me esquecer de desligar as luzes, esperar que o carro apite para avisar que estou perto de um obstáculo, ou esperar que a câmara ligue para eu ver o que se passa atrás do carro, etc.

Mas ontem aconteceu uma que podia ter corrido muito mal…. Ia a sair de carro de casa, com a minha filha e nisto lembro que me esqueci da mala dela dentro de casa, paro o carro (pensava eu) e vou a correr à sala buscar a mala, quando regressei tinha o carro a dar um beijo ao muro. Foi apenas um susto pois o carro foi super devagar e a minha filha nem deu por nada. Isto aconteceu porque eu não preciso de travar o carro quando o desligo, pois ele trava sozinho. Nesta situação aqui estava com pressa e não desliguei o carro, como não tenho o hábito de travar o carro nem me lembrei.

Se acontece alguma coisa à minha filha nunca me ia perdoar.

mercedes-benz-1461508.jpg

 

Os avós e os netinhos preferidos

Costumo ouvir dizer que amor de mãe não se mede e que é igual para todos os filhos, independentemente de quantos sejam (eu ainda não sei pois ainda só tenho uma princesa). Sempre levei essa máxima ao longo da vida e pensava que era assim para qualquer membro da família, mas enganei-me.

Existem pessoas com filhos preferidos, assim como avós com netos preferidos. Sei que é algo que não se controla, que é inconsciente, mas devia-se ter atenção a isso. Primeiro porque não é o mais correto e depois porque podemos estar a magoar alguém.

No meu caso nunca senti isso, até a minha filha nascer e a avó (paterna) tratar os outros dois netos com muito mais afecto, dedicação e até amor, pois são filhos do filho preferido. Revolta-me esta situação e não é pelos bens materiais, pois felizmente tenho condições de dar à minha filha, o que ela dá ao outros netos,  mas sim pelas atitudes.

O tempo vai passar, a minha filha vai crescer e a avó, vai ser apenas uma pessoa conhecida, não vai ser alguém que a minha filha trate com amor, pois ela para dar, também tem que receber.

Queria evitar que a minha filha sofresse, pois vai chegar o dia que ela se vai perguntar o porquê de as coisas serem assim e eu não vou saber explicar. Felizmente tem os avós maternos que são tudo para ela, mas….

grandma-304292.png

 

Um minuto, sff...

Apenas queria pedir um ninutinho do vosso tempo para lerem o meu post de hoje. Este post é um post diferente, mas quem sabe mais importante que os outros, pois pode ajudar uma pessoa.

Esta semana cruzei com este post "Numa de ajudar", no blog da Chic'Ana, onde ela faz um apelo para ajudar outro blogger o Smurf, uma vez que ele neste momento está desempregado. Não podia deixar de fazer um post, pois hoje é ele, amanhã não se sabe.... E sei que neste momento qualquer ajuda é útil, pois nunca se sabe de onde vem uma oportunidade.

Ele sempre trabalhou na área da banca e seguros. Os últimos empregadores foram o Barclays e o Santander Totta. Possui o Curso Geral Bancário no Instituto de Formação Bancária, tendo conhecimentos variados, nomeadamente em Cálculo Financeiro / Contabilidade Geral e Bancária /Economia / Operações Bancárias Gerais I e II / Operações Bancárias Estrangeiro I e II / Mercado Financeiro I e II / Direito Bancário / Marketing e Serviços Bancários.

Quem souber de alguma coisa, diga...

pants-1255851.jpg

 

Pelo blog da Miss Unicorn

Recentemente recebi um convite da Miss Unicorn, para participar na rubrica "Era Uma Vez" do seu blog, onde para isso tinha que contar uma história engraçada da minha infância. Vou ser sincera não foi fácil eu encontrar uma história engraçada, eu devia ser uma santa que nem a minha mãe se lembrava de grandes histórias.

Se querem conhecer a minha peripécia vejam o post Era Uma Vez... com a Melhor Amiga Procura-se.

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D