Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

E a Irmã Disse#6 - Ralhar ou não ralhar aos sobrinhos/afilhados ou até crianças mais próximas de nós

(Este post é da inteira responsabilidade da minha irmã)

Quando temos uma criança ao pé de nós e faz uma asneira repreendemos ou não?

Explicamos o que fez de errado ou não?

Ou fingimos que o que fez é normal e seguimos em frente?

À uns tempos um amigo contou-me que tem um sobrinho que se estava a portar-se mal e lhe ralhou e então a irmã veio mais tarde tirar satisfações com ele e disse que os tios e padrinhos eram apenas para brincar e mimar, para dar educação eram os pais.

Eu não concordo, se temos confiança com a criança temos pelo menos de repreende-la quando faz alguma asneira, porque se não ela pode pensar que ao pé de nós pode fazer tudo que não vai haver problema. Estabelecer alguns limites.

Por exemplo a minha sobrinha passa muito tempo aqui em casa e por isso apanhamos muitas das birras dela, os gritos, as asneiras e eu ralho-lhe logo, ou falo com ela com calma e quando ela faz coisas mesmo más ou parvas, coisas que aprende na escola, ou que se lembra na altura, dou-lhe uma palmada no rabo ao de leve, mas já dá para passar a mensagem que ela vai logo queixar-se à pessoa mais próxima. Muitas das vezes é a frente dos pais e eles nunca reclamaram comigo, porque concordam comigo.

À algum tempo aconteceu-me uma situação que não me senti muito confortável, mas tinha de o fazer.Tenho uma amiga que tem um filho da idade da minha sobrinha e um dia estava ele e outro menino aos empurrões, chega lá a minha sobrinha e do nada ele dá-lhe um grande estalo. Como tinha confiança com ele fui lá ralhar-lhe e dei-lhe uma palmada na mão, ele claro foi a correr ter com a mãe a contar-lhe e eu fui também atrás justificar-me. Ela não ficou chateada e disse que fiz bem. E ele já tinha o hábito de bater as pessoas sem qualquer motivo e a mãe sempre disse para eu lhe bater se ele me fizesse isso.

Quando me chateio mais com a minha sobrinha e lhe dou uma palmada fico sempre a pensar e fiz bem se não, se a minha irmã ou o meu cunhado vão ficar chateados, se a menina vai ficar sentida comigo. Não é fácil saber o que fazer nestas situações.

baby-215867_1280.jpg

 

E a Irmã Disse#5 - E vocês o que salvariam?!

(Este post é da inteira responsabilidade da minha irmã)

A minha irmã já aqui falou sobre o incêndio de Pedrogão Grande e por isso não me vou alongar muito.

Sempre que vejo uma notícia sobre esse assunto é um aperto no coração. Tanta gente que perdeu a casa, e as pessoas que morreram queimadas, o horror quer deve ter sido, nem dá para imaginar...

Quando acontece algo do género e há casas que são destruídas ou evacuadas não deixo de pensar e se fosse eu que tivesse de sair de casa a correr o que levava?!

Se tivesse algum tempo seria alguma roupa (o que estivesse mais à mão e mais básico), os meus cães (claro) e as fotografias.

Para mim as fotografias são muito importantes, ajudam a prolongar as memórias. E para mim perder as fotos de quando era em bebé, as fotos das pessoas que já partiram (e que as vezes parece que já não nos lembramos bem da cara) ia ser muito difícil.

Atenção não ia conseguir salvar todas, até porque a maioria está no sótão, mas no meu quarto tenho um álbum com fotos minhas desde bebé, pelo menos essas ia conseguir salvar.

Não sei se acham fútil se não, mas é algo que é importante para mim.

 E vocês o que salvariam?!

burn-1851563_1920.jpg

 

E a Irmã Disse#4 - Patrão fora dia santo na loja

(Este post é da inteira responsabilidade da minha irmã)

Só entendi verdadeiramente esta expressão depois de começar a trabalhar e concordo a 100% com ela.

Já vou no meu terceiro trabalho e sei minimamente do que estou a falar.

Lembrei-me de falar sobre isto porque a minha chefe começa para a semana as férias dela (15 dias) e eu já andava a contar os dias como se fosse eu a ir de férias.

Nunca gostei muitos dos meus chefes/patrões, mas não é por esse motivo que estou contente. Por exemplo no meu emprego a minha chefe está numa secretária à minha frente, então eu chego de manhã e começo a ver o que tenho a fazer, a planear o meu dia, até que ela chega e começa logo “olha faz isto, olha faz aquilo” e tenho de parar o que estou a fazer, para fazer o que ela quer. Quando estou sozinha sou muito mais produtiva, uma vez que começo uma coisa e acabo, não há interrupções.

Noutro emprego que tive estava poucos dias com a minha chefe, não mais que 15 dias por mês, mas de cada vez que tocava o telemóvel começa logo a stressar, porque era sempre a pedir para lhe fazer alguma coisa e tinha que ser naquele momento, porque era sempre mais importante do que o que eu estava a fazer.

Outro problema de ter a minha chefe à minha frente é que mesmo que fossemos “amigas” ela não ia deixar de ser a chefe e então quando vou falar com um colega que está la mesmo ao lado e tento falar baixo para ela não entender e então ela deve ter ouvidos de tísico, que sabe sempre fazer um comentário ao que estamos a falar.

Quando os patrões não estão, podemos fazer exactamente o mesmo trabalho, mas é diferente estamos mais descontraídos, mais alegres, tudo corre melhor.

Quem tem chefes e patrões bons, fixe tem sorte...

tie-690084_1920.jpg

 

E a Irmã Disse#3 - E este tempinho...

(Este post é da inteira responsabilidade da minha irmã)

Mal aumenta um pouco a temperatura, fica logo tudo doido….

No trabalho tivemos que decidir as ferias todas à pressão e conclusão todos querem ir na mesma altura e não pode ser, temos de concilia com todos e mais alguns, uma treta…

Depois existem algumas dúvidas de que datas marcar, por exemplo, se vou uma semaninha ao Algarve? E em que mês? E ferias para fora? Praia ou cidade? A isso junto as datas dos amigos e da família, será que alguém pode? Uiiii não podes nessa altura, vou tentar alterar ou trocar com colega! (os meus dilemas este momento).

Depois outro problema deste tempo é de manhã para escolher o que vestir:

“Então, deixa-me cá ver a previsão para hoje…Hum, 26 graus isso já dá para levar t-shirt, mas no escritório ainda deve de lá estar frio, então uma camisa ou camisola de manga comprida mais fina”, depois vou ao armário e penso “Não tenho nada de jeito para vestir, já vesti isto “montes” de vezes, devem de pensar que não tenho mais nada, tenho de ir as compras”

Outra situação é que agora de dia está calor, mas de noite faz frio. Se formos sair de casa ainda de dia e a ideia é só voltar já de noite, temos de pensar bem no que levamos, porque à noite vai estar mais frio e precisamos de outro casaco, mais quentinho.

Bem acho que hoje estou com a neura, deve ser do tempo .

summerfield-336672_1920.jpg

 

E a Irmã Disse#3 - Só me apetece dormir....

(Este post é da inteira responsabilidade da minha irmã)

 

Nunca fui uma pessoa de perder tempo a dormir. Sempre gostei de me levantar de manhã, mais ou menos cedo para aproveitar o tempo, se me levanta-se ao meio dia, ficava com a sensação que já tinha perdido metade do dia, para fazer fosse o que fosse.

Mesmo quando andei na universidade, que foi a altura em que me deitava mais tarde, com mais frequência, parecia que o meu corpo percebia que era de manhã e eu acordava super cedo, sem sono e com praticamente nenhuma hora dormida.

Até que mais recentemente tomei a coragem de ir para o ginásio e ai tinha duas opções ou ia de manhã, quando o ginásio abre (às 7h) ou ia depois do trabalho. Como depois do trabalho a vontade é chegar a casa e deitar-me no sofá e não ir enfiar-me num espaço que está super lotado aquela hora, lá comecei a ir as 7h da manhã.

Para isso tenho de me levantar às 6h da manhã, três vezes por semana, no inverno saia de casa e ainda estava tudo escuro. O que faz com que chegue à noite e esteja cheia de sono e de manhã para me levantar uiiiii custa tanto e já para não falar que quando chega ao fim de semana dormia a manhã toda se pudesse.

Não entendo porquê de tanta diferença no sono, nos dias em que vou ao ginásio, pois até me tento deitar mais cedo, mas não tenho sono.

bed-1836316_1920.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D