Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

Sogros, sogros, sogros, sogros e sogros

Tive que escrever esta palavra várias vezes, para a interiorizar, porque acho que até hoje nunca interiorizei. Lembrei-me deste tema, porque no outro dia estava a jantar e reparei num casal que estava numa mesa ao lado a jantar com os pais de ambos. Estavam os seis numa algazarra, onde falavam de férias, de futuros netos, etc. Eu parei simplesmente a olhar para eles com uma ponta de inveja, confesso. Sai de lá a maravilhada com a confusão que ia naquela mesa e os meus pensamentos foram parar vários tipos de sogros que existem (claro que segundo o meu ponto de vista e segundo as minhas vivências):

  • Sogros tipo segundos pais - Tratam os companheiros dos filhos, como filhos, mas, porque há sempre um mas, é importante impor limites (e falo por mim e pelos meus pais), pois devido à quantidade de tempo que passamos juntos, eles acabam por se querer meter nas decisões do casal e na edução dos filhos;
  • Sogros Indiferentes – São os sogros que não te querem bem, nem mal. Estarmos lá nós ou outra pessoa qualquer, seria a mesma coisa. Existe apenas uma relação cordial. Posso dizer que incluo o meu sogro nesta categoria;
  • Sogros do Pior – Não gostam de ti, por um motivo qualquer e fazem-te a vida “negra”, desde sempre e para sempre;
  • Sogros pais Galinha – Tem que se ter muito cuidado com este tipo de sogros, pois eles querem o melhor para os filhos, mas o problema é que levam isso ao exagero e normalmente nunca encontram ninguém ao nível dos filhos. Mesmo quando encontram, metem todos os defeitos e mais alguns. Em certos casos gostavam mesmo que a nora ou genro, fossem a sua fotocópia. E claro neste caso, muito cuidado com os ciúmes;
  • Sogros com filhos preferidos – Aí este tipo irrita-me tanto, mas tanto…. Vou dar o meu exemplo, o meu marido tem mais irmãos, onde ele não é, nem de perto nem de longe o preferido, ao que a minha sogra está sempre a elogiar o filho preferido e “ajudar em tudo e mais alguma”, esquecendo-se que tem mais filhos… Enfim, eu tento respirar fundo mas bem, bem fundo e ignorar, mas um dia….

Claro que não há sogros todos iguais e como tal estas categorias são apenas a generalizar e também a divagar. Mas é importante reter que as relações com os sogros também dependem do grau de proximidade e se os filhos estão muito ou pouco agarrados aos pais e que não nos podemos esquecer que relação que se cria com os sogros, não depende apenas deles, a nossa maneira de agir com ele também conta. Não nos podemos esquecer igualmente, que por muito que a gente se esforce, quando eles não querem, não querem.

20 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D