Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

E a Irmã Disse#6 - Ralhar ou não ralhar aos sobrinhos/afilhados ou até crianças mais próximas de nós

(Este post é da inteira responsabilidade da minha irmã)

Quando temos uma criança ao pé de nós e faz uma asneira repreendemos ou não?

Explicamos o que fez de errado ou não?

Ou fingimos que o que fez é normal e seguimos em frente?

À uns tempos um amigo contou-me que tem um sobrinho que se estava a portar-se mal e lhe ralhou e então a irmã veio mais tarde tirar satisfações com ele e disse que os tios e padrinhos eram apenas para brincar e mimar, para dar educação eram os pais.

Eu não concordo, se temos confiança com a criança temos pelo menos de repreende-la quando faz alguma asneira, porque se não ela pode pensar que ao pé de nós pode fazer tudo que não vai haver problema. Estabelecer alguns limites.

Por exemplo a minha sobrinha passa muito tempo aqui em casa e por isso apanhamos muitas das birras dela, os gritos, as asneiras e eu ralho-lhe logo, ou falo com ela com calma e quando ela faz coisas mesmo más ou parvas, coisas que aprende na escola, ou que se lembra na altura, dou-lhe uma palmada no rabo ao de leve, mas já dá para passar a mensagem que ela vai logo queixar-se à pessoa mais próxima. Muitas das vezes é a frente dos pais e eles nunca reclamaram comigo, porque concordam comigo.

À algum tempo aconteceu-me uma situação que não me senti muito confortável, mas tinha de o fazer.Tenho uma amiga que tem um filho da idade da minha sobrinha e um dia estava ele e outro menino aos empurrões, chega lá a minha sobrinha e do nada ele dá-lhe um grande estalo. Como tinha confiança com ele fui lá ralhar-lhe e dei-lhe uma palmada na mão, ele claro foi a correr ter com a mãe a contar-lhe e eu fui também atrás justificar-me. Ela não ficou chateada e disse que fiz bem. E ele já tinha o hábito de bater as pessoas sem qualquer motivo e a mãe sempre disse para eu lhe bater se ele me fizesse isso.

Quando me chateio mais com a minha sobrinha e lhe dou uma palmada fico sempre a pensar e fiz bem se não, se a minha irmã ou o meu cunhado vão ficar chateados, se a menina vai ficar sentida comigo. Não é fácil saber o que fazer nestas situações.

baby-215867_1280.jpg

 

56 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D