Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

Como se apoia uma pessoa doente?!

Sou uma pessoa relativamente nova (30 anos), onde para mim certas doenças só “atacam” pessoas mais velhas, mas a vida tem-me ensinado da pior maneira que não é verdade… Mas uma coisa é quando são pessoas que não temos qualquer ligação e outra é quando são familiares ou amigos .

Ontem recebi recebi mais uma notícia dessas. Quarta-feira uma amiga (da minha idade) convidou-me para jantar na sexta ou no sábado e eu não podia porque tenho duas festas de anos e ficou assim a conversa, ao que ontem me manda uma mensagem a dizer que queria ter falado comigo pessoalmente mas como não dá, tinha uma coisa para me contar e quando ela me conta que está com cancro e é maligno, "caiu-me tudo"...

Continuo a falar com ela, meia desnorteada, a querer saber como ela está, a querer saber de tudo e a tentar passar-lhe ao máximo calma, força, confiança, esperança, etc. Eu digo-lhe que ela é forte, digo-lhe que a medicina evoluiu muito, mostro-lhe casos de sucesso, digo-lhe que eu estou a aqui para tudo, nem que seja para ir com ela ao médico ou apenas lhe dar o meu ombro para ela chorar, etc.

A conversa acaba porque ela vai para o hospital e sinto que só lhe disse frases feitas, sinto que não tive as palavras certas, sinto que precisava de lhe dizer mais… Sei que “o mais” vem com o apoio que ela vai precisar nos próximos tempos e que eu lhe vou dar….. Mas sei lá… Sinto que fiz pouco...

Depois de a conversa ter terminado ponho-me no lugar dela e ainda a semana antes estava tudo bem e agora é como se entrasse num pesadelo, eu estaria assustada, eu estaria com medo, pois embora existam casos de sucesso, existem também casos de insucesso…

Ela foi fazer uns exames, mas não deu muita importância, pois sempre acreditou que tivesse nada, dai nunca ter comentado e agora até a possibilidade de ser mãe pode estar comprometida (acredito com todas as minhas forças que não), ao que ela antes de começar com a quimioterapia, vai fazer um tratamento para preservar os óvulos.

Ela é uma pessoa cheia de força de vontade e que nunca perde o sorriso perante as adversidades da vida, um exemplo disso foi que ela me disse que no hospital lhe disseram que ela “reagiu” bem, dentro do possível… Mas uma coisa é o que ela mostra, outra é o que ela sofre quando está sozinha….

Estou triste, estou com medo por ela, mas não lhe vou passar uma ponta disso a ela, vou-me esforçar ao máximo por a apoiar, até porque “enquanto há vida há esperança”...

best-friends-381984.jpg

 

65 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D