Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

Sérum SOS Hidratante da Caudalie

Para mim é muito importante aplicar um sérum, antes de aplicar do creme dia/noite. Os séruns e os cremes hidratantes são um complemento, pois os séruns actuam nas camadas mais profundas pele (daí serem mais fluídos) e os creme/hidratantes actuam só nas camadas superficiais da pele.

Relativamente a este sérum em especifico, ele segundo a marca é uma “bolha de hidratação, que capta e difunde continuamente a água em profundidade, para restabelecer o equilíbrio hídrico da pele que recupera a suavidade e frescura". Este é para ser aplicado no rosto e no pescoço.

Já terminei a embalagem e da sua utilização achei a textura super leve, o cheiro agradável e a minha pele absorvia bem o sérum. Em termos de resultados senti que este dava um “shot” de hidratação, como a marca promete, mas não achei que tivesse um efeito diferenciador comparativamente com outros séruns.

De um modo geral, gostei do serúm, mas não voltaria a comprar.

Pode-se encontrar este sérum em algumas farmácias e parafarmácias, ou preço dele 27,85€ na skin.pt.

Sérum Caudalie.jpg

 

 

O marido é que sabe#1 - O presente e a saudade

Aqui está o primeiro post da autoria do senhor meu marido. Devo confessar que não fazia a menor ideia do que ele iria escrever e quando recebi e-mail com o texto até fiquei surpreendida. Espero que gostem .

No meu último aniversário, o meu irmão ofereceu-me 2 dos álbuns da minha adolescência, um duplo CD dos The Smashing Pumpkins (mellon collie and infinite sadness) e o incontornável Nevermind dos Nirvana.

Numa das muitas viagens que faço, quase sempre sozinho, decidi colocar os cd’s a tocar… Qual foi o meu espanto, que passados 20 anos ainda sabia as letras de quase todas as músicas!!! How!!!

A cantar aquelas músicas sozinho no carro (quem passava por mim devia pensar que era tolinho, e não se enganou por completo…) foi um revolver no passado, um misto de saudade (esta bela palavra que só existe em PORTUGUÊS), irreverência, um querer voltar ao passado e voltar a viver tudo que vivi com os meus amigos, apesar de ter sido uma fase muito conturbada na minha vida familiar (mas isto fica para outras núpcias!).

Mas quando cheguei a casa nessa noite, vi a minha filha e enchi-a de beijos e abraços, deu-se um click na minha cabeça…

Muitas vezes vivemos agarrados ao passado, quando o que importa é o presente e este é bem melhor! Pelo menos falo por mim, tenho uma família linda, tenho uma boa casa, vou passar férias quando quero e onde quero (mais ou menos…), continuo a ter os meus amigos e ainda tenho saúde!!!

A vida é feita de ciclos e todos eles são óptimos e péssimos ao mesmo tempo, temos é que saber aproveitar os bons momentos e ultrapassar os maus, porque no final e passados alguns anos só iremos ter saudades e querer voltar aos bons, os maus, esses nunca mais nos iremos lembrar deles!!!

Capa.png

 

Dicas para lavar os dentes aos filhos

Este post é para pais em desespero, no que toca a lavar os dentes aos filhos. Lembrei-me deste post, pois foi um processo complicado cá em casa e sempre que falo com outros pais sobre este assunto quase todos me dizem que passaram/passam +/- pelo mesmo .

Em relação à minha filha quando se fala em lavar os dentes, diz logo: ”dentes não, dentes não” e além das as suas “fitas” habituais, também opta por não abrir a boca e então começamos a ter que adoptar estratégias para lhe conseguir lavar os dentes decentemente, pois uma coisa é passar por lá a escova e outra é lavar bem os dentes. Assim já contamos com alguma experiência no campo de convencer os filhos a lavar bem os dentes .

As estratégias que adoptamos são muitas, onde alguns foram “criadas” por nós e outras foram-me dadas por outros pais:

- Digo-lhe que se não lavar os dentes, nunca mais come um único chocolate;

- Digo-lhe que se não lavar os dentes os “bichos” vão para a boca dela fazer uma festa (esta resulta muito bem );

- Deixar que eles "lavem" primeiros os dentes  a eles próprios e depois somos nós;

- Fiz download da aplicação “Escovagem Divertida” da Aquafresh, onde explica como lavar os dentes e tem uma música que dá enquanto se lava os dentes;

- Comprei uma escova igual à minha e do pai;

- Deixo que ela me escove a mim os dentes e depois escovo eu a ela;

- Fazer um concurso a ver que lava os dentes primeiro;

- Comprar uma pasta de dentes que ela goste, pois existem várias no mercado e a partir do momento que acertei com a pasta e com o sabor tornou-se tudo mais fácil;

- Comprar uma escova que custa +/- 2,99€ nos supermercados e também já vi na primark e que dá luzes e música (nunca comprei, mas deve ser bem apelativo);

- Usar uma escova daquelas eléctricas, ele acham graça (nunca experimentei, mas vários pais me disseram que eles adoram);

Como podem ver ideias não faltam, espero que consiga ajudar alguém...

PS: Pais não desanimem, pois hoje em dia é bem mais fácil .

brushing-teeth-787630.jpg

 

E a Irmã Disse#1 - Sábado à Noite

Hoje estreia a rubrica da minha irmã aqui pelo blog. Acho que ela escolheu bem o tema para dar o pontapé inicial, pois dá uma prespectiva diferente da que eu tinha na idade dela e acredito que existam muitas pessoas que também se identifiquem com ela.

 

À quem adore sair à noite, ir a um bar estar com os amigos, beber “um copo” e quem sabe acabar numa festa ou discoteca.

Eu sou o oposto disso, prefiro mil vezes um jantar na casa de uns amigos, boa comida, boa companhia, quem sabe um filme no final. Uma ida ao cinema também não é má ideia, de vez em quando.

Desde que comecei à “sair à noite” que não sou grande fã, ora porque está frio e andávamos sempre pela rua quando era adolescente e eu não entendia como é que as miúdas andavam sempre com muita pouca roupa (e cada vez tem mais tendência a piorar), eu só pensava “eu estou aqui toda encasacada a parecer uma “croma” e mesmo assim tenho frio, como é que elas andam na boa?”, ora porque naquela atura só queriam beber para parecerem fixes e eu nunca achei piada a isso, achava mesmo deprimente as figuras que faziam (sempre me achei mais adulta que os meus amigos, era uma “croma” resumindo, devia de ter aproveitado para me divertir mais) e depois o outro motivo para sair à noite era para arranjar "gajos" e eu sempre com a minha atitude adulta achava tudo uma estupidez e achava que não era na noite que se arranjava “gajos”.

Com o tempo cresci, mudei alguns amigos e a mentalidade e já gosto de “sair à noite”, não para ir dançar para a discoteca (até porque o meu jeito é pouco), mas sim para ir jantar fora e depois ir até a um bar pôr a conversa em dia e descontrair um bocadinho.

O que me leva ao sábado passado, um frio horrível, mas lá tive de sair de casa para ir ver os amigos, o problema é que na altura de me ir despachar não me apetecia nada. Sou muito adepta de ficar em casa.

Sendo solteira e ainda a viver com os meus pais, meio que tenho a “obrigação” de ter de sair todos os sábados. Até à pouco tempo a minha mãe vinha com a conversa que se não saiu é porque não tenho amigos e assim não vou arranjar nenhum namorado. Mas não é isso, eu apenas ADORO NÃO TER FRIO E ESTAR CONFORTÁVEL. Está bem, que sendo a minha vida casa trabalho, trabalho casa, só conheço pessoas novas se sair à noite, mas não me apetece nada mesmo.

Este sábado vou ter um jantar em casa de uma amiga e mal posso esperar, é nesse meio onde me sinto mais confortável e consigo ser EU.

live-concert-388160.jpg

 

Escravidão em Portugal

Muitas das coisas que pensava que não deviam ser possíveis no mundo, acontecem e passam-se também cá em Portugal, debaixo dos olhos de todos nós. Um exemplo disso é a história que li num artigo da visão: "Fui 5 anos escrava em Portugal". Aconselho todos a lerem, é intenso e dá muito que pensar.... 

Depois de ler a pergunta que me ficou na cabeça, é quantas crianças e adultos, ainda são sujeitadas a "pessoas" como estas dia após dia?! Não sei e só de imaginar fico doente, mas infelizmente ainda há muitas, pois diariamente chegam-nos histórias sobre escravidão.

Este relato de vida marcou pela coragem que ela teve, mas sobretudo pela esperança que esta menina já adulta ainda tem na vida e até alegria que ela sente, depois de tudo pelo que passou.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D