Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Melhor Amiga Procura-se

Melhor Amiga Procura-se

Os amigos e a distância

Costumo ouvir muita vez que a “distância não é impedimento para nada” e concordo a 100%, mas às vezes a distância coloca uma barreira nas relações, seja elas quais forem, mas hoje venho falar de amizade.

É normal, que por um motivo ou por outro, nos afastarmos fisicamente dos nossos amigos, pois as nossas vidas tomam rumos diferentes, mas se as amizades forem verdadeiras e alimentadas, pode existir uma distância gigantesca, que elas mantém-se inalteradas, mas para isso tem que haver um esforço das duas partes em continuar a fomentar a amizade, nem que se seja pelo telefone, internet, etc. (com as novas técnologias agora as coisas são bem mais fáceis)

Caso as amizades não sejam alimentadas, com contactos nem que sejam esporádicos, parece que se cria uma barreira, que faz com que quando se volta a estar juntos ou a falar, não exista assunto, mas sim conversas de ocasião e se torne uma situação constrangedora, pois as conversas tornam-se forçadas (p.e. hoje está de chuva… como está a família?!) … Mas onde é que anda a cumplicidade de outros tempos?! Antigamente falava-se até mais não e agora não há assunto?!

Eu no meu grupo de amizades tenho dos dois casos, amigos que quando falo é como se tivesse com eles todos os dias e amigos que a distância nos separou. Os que a distância separou a culpa não é só deles, também é minha, às vezes não custava nada dar um telefonema e marcar um encontro, mas a vida é uma roda-viva e andamos sempre a mil, mas isso é só desculpas, pois quando nos pomos a fazer as coisas fazemos e um bom momento passado com os amigos, vale ouro, mas parece que nos esquecemos disso.

friends-1013882.jpg

 

 

Curso de Humor

O meu marido diz que eu tenho um défice de humor muito acentuado, diz até que eu devia ir ao médico, mas como não há especialista para esta doença, talvez deve-se fazer um curso (embora também não exista).

Ele diz isto porque eu simplesmente não acho assim tanta piada aos programas da manhã das rádios (p.e. RFM - Nilton e COMERCIAL – Ricardo Araújo Pereira e Cesar Mourão, entre outros) e assim que me apercebo que eles estão para dar mudo de estação e aí começa uma luta no carro (quem nos vir, pensa que somos doidos). Normalmente nem ganha um nem o outro, porque como andamos sempre a mudar, não se ouve é nada.

Ele também defende o seu ponto de vista, porque eu consigo ver um filme de comédia e não achar piada, mas sim uma estupidez. Calma, eu sei que a intenção de alguns filmes desses é ser mesmo estupido para ter piada, mas mesmo assim, não acho piada.

Eu já lhe expliquei que acho piada (a alguns apenas) épisódios desse tipo de programas, mas não ao ponto de querer estar sempre a ouvir todos os dias o mesmo, porque depois acaba por ser o mesmo e perde a piada e em relação aos filmes eu gosto de alguns, mas não sou obrigada a gostar de todos. Talvez ele tenha razão e eu ande mesmo mal, mas não posso gostar de tudo 

Os miúdos são cada vez mais vaidosos

A minha filha do alto dos seus quase dois anos, é a coisa mais vaidosa que eu conheço…. Mas a culpa também é minha, porque sempre incentivei isso (mesmo antes de ela nascer). Desde comprar roupa para fazer “pandam” com o calçado e claro com a fitinha do cabelo, desde sapatilhas iguais às dos adultos que estão na moda, etc.

Posso dizer que agora ando a pagar isso tudo, a minha filha quando está em casa e se tem visitas, anda sempre a querer trocar de calçado. De manhã quando a despacho para ir para escola aponta para o calçado que quer e se não calçamos, temos berreiro na certa e o “burro” que só desaparece ao entrar no carro.

Ainda um dia destes levou umas sapatilhas novas para escola e à noite a educadora de uma outra sala que não a dela, veio-me logo dizer, "a sua filha veio-me logo mostrar as sapatilhas novas assim que me viu… Apontava para o pé e dizia: pé pé”.

Ela não é só vaidosa com o calçado, com a roupa também assim… Mas e maquilhagem?! adora… Então batons, nem se fala, passo os dias a fingir que lhe coloco batom, por agora dá para enganar, vamos ver quando crescer um bocadito e perceber as coisas…

Antes de ser mãe, olhava para crianças de hoje em dia e pensava que eu não era nada assim e por que raio estas novas gerações são tão vaidosas, pois vejo miuditas todas produzidas para irem para a escola e também miuditos (não vão é maquilhados ).

Hoje atrevo-me a dizer que já nasce com eles, mas que os pais também incentivam. Será?!

Toques de Telemóveis

Muitas vezes está a minha pessoa num local público (p.e. numa sala de espera) e começa a tocar um telemóvel, fica tudo muito atendo ao toque, é como se o toque fosse a imagem de marca da pessoa.

Este género de situação já me aconteceu inúmeras vezes e houve bastantes vezes em que fiquei com vontade de me rir, pois já tive desde um senhor com os seus setenta e muitos anos, que tinha como toque uma música tipo “can can” (quem sabe se era para recordar alguma coisa ), desde toques com musicas impróprias (onde eu não sabia se me ria da reação da pessoa em busca do telemóvel perdido, ou da cara das pessoas a conter o riso), entre tantas outras…

Além das situações caricatas, ouvi durante muitos e muitos anos o tradicional toque dos telemóveis da Nokia (quem não teve um, pois esses telemóveis parecia que eram dados), onde as pessoas não escolhiam nenhum toque, era apenas o que o telemóvel trazia.

Eu acho que os toques de telemóvel identificam as pessoas, pois assim como escolhemos a roupa que vestimos, também escolhemos os toques, embora hoje em dia os toques da malta nova, estejam mais virados para os básicos que os telemóveis trazem e anda novamente tudo com os toques iguais (inclusive eu ), mas na minha altura, fixe era ter uma música de uma banda que se gostasse.

Os anos e as modas passam e muito embora estas situações tenham começado a perder a piada, continuo achar que o toque dos telemóveis é uma carta de apresentação.

Follow Friday

É a minha primeira “Follow Friday”, pois ainda sou muito “verde” por estas andanças. Quero então aproveitar a oportunidade para recomendar um blog de pessoa muito querida a Vânia, do blog ladyvihblog. Mas melhor que eu estar aqui a dizer os motivos que me levam a gostar do blog, vão lá dar uma espreitadela, não se vão arrepender….

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D